Uma ultima risada

Ao rigor,este texto jamais deveria ser escrito.Ao rigor eu deveria està morta.Assim começa minha història.
No inicio de 2001 eu estava viajando de Arraias-TO para Brasilia-DF e comecei a sentir alguns síntomas por sinal muito estranho.Sede excesiva, fome exagerada e uma perda de peso de outro mundo.Me sentia bastante mal.
Depois de dias diagnostico:Diabetes mellitas, para mim esse era o nome de um paìs em que uma princesa de conto de fadas morava mas como eu estava enganada era na verdade um inicio de uma història de terror mais com uma diferença essa historia tinha um final feliz.
Eu tinha apenas 12 anos era inaceitável ser uma criança especial pode ser atè drama de minha parte mais era difícil conviver com aquele amiga indesejável;
Eu nao parava de me perguntar quando eu tiraria o grande cochilo aquilo ja estava me deixando exausta.Eu mal sabia que aquilo era apenas o começo.
Todo mundo tentava me agradar comida parece ser um item muito importante.Um dia comentei que havia sonhado com uma balinha gigante.No dia seguinte me trouxeram 10.(Sim, era diet)
Quando fiz 15 anos eu disse a mim mesma:”Fazer 15 anos è um caso de vida ou morte eu escolhi a vida,è uma posição muito melhor de se estar bem,tambèm perguntei o que estou fazendo aquí?Para aonde eu estou indo?A primeira resposta è narcisista, fui colocada neste mundo para fazer os outros rirem e a segunda nem eu sei nem niguem sabe.
Eu nao tinha idèia do quanto estava sendo astuta.Durante toda minha vida sempre achei que meu pâncreas nunca dariam problemas.O pâncreas cumpre sua função de maneira discreta e sem fanfarras.Mas ele è um Orgão importantísimo.Se nao acha me dooe o seu.
Na època atè minha mãe queria me doar o pâncreas dela.Seria impossível e ao mesmo tempo estranho,ficar andando por ai com o pâncreas de minha mãe.
Eu nao achava que meu pâncreas fossem me desapontar,conseiderando nosso longo relacionamento.Mais na verdade eles foram adoencando lentamente.Entao me zanguei com meu pâncreas eu os tratava tao bem e era assim que ele me agradeciam?
No hospital fiquei internada por 17 dias, os mèdicos ficaram perplejos por meus exames darem resultados absurdos e eu nao tinha nenhum síntoma grave.Eu me transformei na garota propaganda do hospital, considerando como sou exibida, adorei tudo aquilo.
Vou confesar a que eu tambem pensava em um assunto um pouco engraçado e esquisito meu próprio funeral.O meu plano na verdade era bastante simples mais tambem tinha seus detalles.
Certifico-me que no obtuàrio vai aparecer no Correio Braziliense.Niguèm sabe se você està vivo ou morto a nao ser que tenha lido.Queria tambèm que nenhum deputado ou artista morresse no mesmo dia que eu.Nao Quero niguém usando o espaço destinado a mim.E insisto que nao diga:”Morreu depois depois de lutar contra uma grave doenca.Em vez disso Quero que diga Morreu em seu campinho de futebol particular depois de arrasar Ronaldinho Gaùcho em uma pelada.
Meu velório seria uma ceremônia particular no Centro de Convenções.A esquadrilha da fumaça sobrevoaria o local, os associados da Marinha arriarão as velas e nos estàdios teria 1 minuto de silencio e Eric Clapton cantaria junto a minha làpide Quao grande ès tu.Gostaria de ser cremada e minhas cinzas deverà ser espalhada por cima de cada Ministerio na Explanada dos 3 poderes.Caixas de lenços de papel serao distribuidos de graça.
Na cerimônia o Pastor darà algunas palavras para animar a multidão.Minha irmã leria uma carta do Presidente e mamãe uma do Governador.
Depois de 7 anos com minha companheira Diabetes, descubro que nao vou para o cèu po agora.
Não sei quanto tempo viverei mas sei que aprendi muito nesse tempo.


A moral da història è a seguinte.Nunca confie em seu pâncreas.

3 Comentários:

recalira disse...

A moral de história realmente me comoveu.... =)

Rafael Frota disse...

Iria set o show mais barato que eu conseguiria assistir do Clapton!
E não, não vou me comover com nada porque pra mim o melhor de td é contar ainda por décadas com sua presença.
Então faço desse post uma grande piada...

lulu abençoada disse...

AH KATARINE TE ACHEI.NOSSA VOCÊ REALMENTE É UMA PESSOA SEM EXPLICAÇÃO.TIPO ASSIM,TUDO POR MAIS QUE ESTEJA ESCURO VOCÊ CONSEGUE TRANSFORMAR NUM ARCO-ÍRIS.É POR ISSO QUE MESMO TANDO LONGE "E MORANDO PERTO" EU NÃO TE ESQUEÇO.DE SUA SEMPRE AMIGA LUCELIA.BEIJINS