O poder que o funk tem.


O poder do funk é cabuloso sabe, esses dias conversando com um amigo no msn, estavámos em um tédio surreal. Então resolvi chamá-lo para umas voltas em baile funk[/ironia] para nos divertir um pouco.
Aí viajei grandão imaginando eu, Sorriso em um baile funk, uma cena cômica e infeliz, óbvio.
Imagine só um galpão intupido de cocotas, com o som nas alturas, tocando aquelas músicas "maravilhosas", com direito a mulheres purpurinadas, tchutchucas e cachorras a minha volta.Os homens exibiam suas respectivas bebidas alcoolicas como se iso fosse um troféu que representasse sua masculinidade.
Pensando nisso eu ri alto.
Marcão na sua lombra cabulosa foi mais além. Me chamou pra colar com ele e fazer uma dupla. Mc Sorriso e Mc Negão Sedução, eu ri convulsivamente, tentando imaginar a cena disso tudo, e ainda tive direito a um funk, vê se eu aguento isso?
Enfim, quem sabe em futuro bem distante eu largo a vida de enfermeira e Marcão a de professor de educação física e viramos celebridades do funk.
Aí é só esperar deitados em uma rede, o dinheiro, a glória e os iates.

4 Comentários:

Suhelen disse...

sentindo o batidão aque... rere

doida. nessas horas tu não me liga.

Tati Araújo disse...

Kate,acredite
não foi só voce que um dia já imaginou isso.
Eu já imaginei o mesmo,com o Funk do Titanic de trilha sonora. HAHAHAHAH

Adorei o post lindona!
Beijao bem enorme mesmo

leocesar disse...

Aaaaaah, *.* Baile Funk *.* sabes o que tá perdendo não!! rsrsrs

Raio disse...

o Raio passou aqui Flor, atóóóron vc, menos quando diz que vai pro funk... rsrs...
amo-te meu sorriso lindo de todos os dias...